Não perdi o hábito de escrever em diários,

Sexta-feira/02.

Acordei no meio da tarde, com o sol invadindo as frestas da minha veneziana. Um livro de Campos (emprestado) adormecia no travesseiro ao lado. Restos de uma noite longa onde me dediquei aos desconfortos de uma vida inteira. Tudo fracionado, é claro. Uma xícara vazia. Um caderno vermelho, uma lapiseira antiga (pentel 05) e alguns rascunhos (isso eu tenho aos montes)…

Estou insatisfeita… mas isso não é novidade.
Estou cansada dos mesmos lugares e das muitas sombras nas quais esbarro quando saio as ruas desse lugar. Ocorre que não quero estar aqui, mas também não quero estar em outro lugar. Estou naquela fase de ficar trancada no quarto a espiar o teto com os meus olhos bem abertos até adormecer…

Eu ando sem argumento… me sinto ‘estrangeira’ em minha própria pele… essa terra de ninguém. pensei em viajar até um lugar escolhido a esmo no mapa que esta aberto em cima da mesa da sala. Era de mio babo… que gostava de espetar com um alfinete colorido os lugares onde pisou os pés-alma-olhar.

Talvez eu faça o mesmo… talvez (o mais provável) eu nada faça!

6 comentários sobre “Não perdi o hábito de escrever em diários,

  1. Minha querida, fiquei tão surpreso quando vi que tinhas uma dessas ferramentas que cá a olhar suas palavras correu um sorriso vasto, destes que observamos a leste. Feliz por saber-te próxima e saber-te pensando em mim. Não imaginas a saudades que sinto. Coimbra também te anseias, viu? Um bacio imenso em tuo cuore.

    Ps. Vamos combinar as férias de verão? Esse ano vou de comboio ao teu encontro.
    Amo-te.

    Curtir

  2. Pegou um texto que pode ser de hoje… assim é a vida! Roda, roda, e, às vezes, nem parece ter saído do lugar. Somos muito pacíficos, travestidos de movimento, fingimos que atuamos na maioria das vezes.

    Curtir

  3. Você escreve para se achar, eu recorto e colo para se achar. Por que a gente anda tão perdida? Eu pelo meu lado cada dia me perco mais e mais. Quem sabe Lu um dia a gente se dá cara uma com a outra.. Que texto!!!

    Curtir

  4. Eu vim aqui movida pelo link que veio na notificação do comentário no meu post.
    Pensei ser recente e só depois me ative à data.
    Tão recente, com cara de hoje e espero que tenha se encontrado.
    Pessoas como tu tem a alma de encanto e é como se fosse representante de nós mesmo. Assim, com sentimentos tão reais que parece que tô aí do lado.
    Queria ajudar a tirar os lençóis dos sofás, abrir as janelas e mostrar lá fora o dia dia lindo.
    Aqui, já é noite e uma meia lua toma conta de um céu rendado de estrelas.
    É tão bom aqui, que encho a xícara de chá e passeio pelos lugares.
    beijos

    Curtir

Seja como o vento, cause tumulto em minhas cortinas e deixe um rastro para que eu possa te alcançar...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s